Leia artigos do Deputado Milton Monti

O Brasil para ser passado a limpo

O Brasil avançou muito em vários aspectos essenciais nos últimos anos, sob a ação corajosa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mas são enormes as carências que se acumulam em uma nação de proporção continental, como a nossa.

 
Página PrincipalFotos de eventos municipais e regionaisInformações úteis para gestores municipais - ministérios, órgãos públicos, indicadores municipais, secretarias regionaisNotícias e reportagensUtilidade Pública - informações úteis para cidadãos e empresas, como serviços disponveis para a população, concursos,  entre outrasLegislação - Constituição Federal, Legislação da Mulher, Estatuto do Idoso, Código de Defesa do Consumidor, entre outrasTenha acesso ao material de imprensa do Milton MontiEntre em contato com o Deputado Milton Monti

MILTON MONTI PRESIDE A FRENTE PARLAMENTAR DA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Deputado assume a liderança em defesa da liberdade de informação e da comunicação dentro dos parâmetros constitucionais

 

O deputado federal Milton Monti preside a Frente Parlamentar da Comunicação Social - FreCom, anunciada nesta semana em evento em São Paulo. A frente é composta por 198 deputados federais e 38 senadores e tem caráter suprapartidário.

De acordo com Milton Monti, que liderou a iniciativa de formar a Frente Parlamentar da Comunicação Social, o objetivo é analisar e debater com maior critério todas as matérias relacionadas à mídia, à comunicação e ao direito à informação que tramitam no Congresso ou que sejam de interesse nacional. “A questão é muito complexa e de grande importância. É preciso ter todo cuidado para que a população não seja iludida. Ao mesmo tempo, o cidadão brasileiro tem o direito de receber informações corretas. A Constituição prevê no Capitulo da Comunicação Social que apenas alguns produtos específicos como, tabaco, álcool, agrotóxicos, medicamentos e terapias devem ter uma regulamentação especial, mas também estabelece que não poderá haver qualquer tipo de restrição à criação, produção intelectual e a informação. Isso precisa ser preservado, dentro do que prevê a nossa Constituição”, resumiu o deputado Milton Monti, que complementa: “a publicidade é o pilar de sustentação da liberdade dos meios de comunicação”.

Entre os objetivos da Frente Parlamentar da Comunicação está estimular o amplo debate sobre a Indústria da Comunicação (que envolve a atuação de agências de publicidade, de veículos impressos ou eletrônicos e de anunciantes), apoiar programas governamentais e não-governamentais ligados ao tema, estudar e defender uma política de investimentos públicos e privados no setor visando à democratização da informação, promover e incentivar estudos relacionados à comunicação e mídia, além de buscar o aperfeiçoamento da publicidade governamental em seus aspectos técnico, criativo e ético.

Ainda segundo o deputado Milton Monti, presidente da FreCom, a preocupação com as garantias da liberdade de comunicação e informação éticas tem que ser permanente, mesmo em regime democrático. “A imprensa é os olhos da Nação. Zelar pela livre expressão do pensamento e pelo acesso irrestrito à informação é defender um direito fundamental do cidadão, um direito fundamental para que a nossa democracia seja cada vez mais consolidada”, defendeu Milton Monti.

 

 

 

Atribuições da Frente Parlamentar da Comunicação Social – FreCom

 

– defender a liberdade de manifestação do pensamento, de criação, de expressão e de informação, sob qualquer forma, processo ou veículo, sem qualquer restrição, a não ser aquelas explicitamente inscritas na Constituição Federal;

 

– opor-se a toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística;

 

– promover o respeito aos valores éticos e sociais da pessoa e da família;

 

- defender e estimular a pluralidade política e cultural na comunicação;

 

– estimular os meios de comunicação, em especial emissoras de rádio e televisão, a priorizar em sua programação as finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas;

 

– defender e valorizar a propaganda comercial como esteio da liberdade de expressão e informação, como fator de aceleração da economia e de renovação e atualização do parque produtivo nacional;

 

– apoiar e estimular a auto-regulamentação das atividades de comunicação;

 

– promover o aperfeiçoamento da publicidade governamental, tendo em vista sua legalidade, legitimidade, impessoalidade, moralidade e eficiência;

 

- estudar, propor e defender políticas de financiamento e investimento que permitam a modernização, a expansão, a adequação, a diversificação e o fortalecimento da comunicação, bem como a geração e manutenção de empregos;

 

- promover e incentivar estudos, debates, concursos, publicações, cursos e seminários para disseminar a liberdade de expressão e de informação como valor democrático fundamental e inalienável;

 

– estimular e apoiar o correto emprego do idioma nacional na comunicação e valorizar seu uso em face de estrangeirismos, sem xenofobia;

 

- apoiar os ideais da Indústria da Comunicação e dos profissionais que nela militam, defendidos pelas entidades e instituições que trabalham pelo seu desenvolvimento e aprimoramento.

 

- promover a integração harmoniosa entre o Congresso Nacional e a Indústria da Comunicação;

 

- acompanhar o processo legislativo no Congresso Nacional, em especial quanto aos aspectos de interesse da Comunicação Social;

 

- subsidiar com informações fidedignas e oportunas, as iniciativas legislativas de interesse da Comunicação Social;

- acompanhar os assuntos de interesse nos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário visando apoiar politicamente as posições que agetem as liberdades de expressão.


Deputado Federal Milton Monti Deputado Federal Milton Monti
Desenvolvimento AgênciaDot. Comunicação Em breve!