Leia artigos do Deputado Milton Monti

Brasil tem fundamentos sólidos para enfrentar a crise

Nós temos fundamentos sólidos na nossa economia, nós temos reservas importantes, reservas cambiais, nós temos um mercado produtivo, um parque industrial diversificado, sólido, e acho que o país enfrentará essa crise numa situação de vantagem.

 
Página PrincipalFotos de eventos municipais e regionaisInformações úteis para gestores municipais - ministérios, órgãos públicos, indicadores municipais, secretarias regionaisNotícias e reportagensUtilidade Pública - informações úteis para cidadãos e empresas, como serviços disponveis para a população, concursos,  entre outrasLegislação - Constituição Federal, Legislação da Mulher, Estatuto do Idoso, Código de Defesa do Consumidor, entre outrasTenha acesso ao material de imprensa do Milton MontiEntre em contato com o Deputado Milton Monti

Agência Câmara: COMISSÃO APROVA CARGOS COMISSIONADOS PARA SERVIDORES DO DNPM

Relator, deputado Milton Monti afirmou que a criação das funções garantirá a profissionalização da autarquia

 

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou na quarta-feira (12/11/2008) o Projeto de Lei 3675/08, do Poder Executivo, que cria 214 funções comissionadas para o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). Os cargos destinam-se ao exercício de atividades de direção, chefia e assessoramento e serão ocupados por servidores de carreira do órgão.
Além das funções comissionadas (FCDNPM), a proposta cria outros 92 cargos de chefia, sendo 4 cargos do Grupo Direção e Assessoramento Superiores (DAS) nível 5 e 88 funções gratificadas (FG). O texto também extingue os 79 cargos diretivos existentes na estrutura do DNPM.
O relator da proposta, deputado Milton Monti (PR-SP), afirmou que a criação das FCDNPM garantirá a profissionalização da autarquia. "Em contraposição aos cargos em comissão do Grupo-DAS, providos por meio de recrutamento amplo, a designação para as FCDNPM será privativa dos servidores ativos. Tal vínculo favorecerá a estabilidade no exercício dos cargos de chefia, com reflexo positivo na continuidade e qualidade da atuação técnica do DNPM", destacou Monti.
 
Emendas
A proposta foi aprovada com três emendas apresentadas na comissão e acolhidas por Milton Monti. A primeira delas altera a Lei 8.876/94, que institui o DNPM, para determinar que a autarquia será administrada por um diretor-geral e cinco diretores, como já ocorre hoje. A legislação atual determina que o DNPM seja dirigido por um diretor-geral, um diretor-geral adjunto e três diretores.
Outra emenda acolhida equipara o servidor investido nas funções comissionadas previstas na proposta ao servidor que possui cargo do grupo-DAS do mesmo nível. Por fim, a terceira emenda permite a cessão de servidor ocupante de cargo DAS-4 no DNPM para outros órgãos públicos. A regra geral válida hoje permite a cessão de servidores com DAS-5 e 6. "Nos últimos anos, tem sido vedada a possibilidade de o DNPM promover cessão dos servidores a órgãos congêneres do Poder Executivo, os quais muitas vezes seriam parceiros em diversas ações, causando constrangimento ao órgão", afirmou o relator.
 
Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
 
Sônia Baiocchi
Noéli Nobre
Regina Céli Assumpção
Agência Câmara
17/11/2008
 


Deputado Federal Milton Monti Deputado Federal Milton Monti
Desenvolvimento AgênciaDot. Comunicação Em breve!