Leia artigos do Deputado Milton Monti

Criticar não ajuda

Lamentar os efeitos desastrosos da crise mundial não ajuda em nada. Criticar os erros de quem busca alternativas ajuda muito menos. O caminho para sair da crise o mais rápido possível é arregaçar as mangas, trabalhar com criatividade e determinação p

 
Página PrincipalFotos de eventos municipais e regionaisInformações úteis para gestores municipais - ministérios, órgãos públicos, indicadores municipais, secretarias regionaisNotícias e reportagensUtilidade Pública - informações úteis para cidadãos e empresas, como serviços disponveis para a população, concursos,  entre outrasLegislação - Constituição Federal, Legislação da Mulher, Estatuto do Idoso, Código de Defesa do Consumidor, entre outrasTenha acesso ao material de imprensa do Milton MontiEntre em contato com o Deputado Milton Monti

MILTON MONTI RECEBE CHINESES PARA DISCUTIR TREM DE ALTA VELOCIDADE

Chineses estão interessados em conhecer possibilidades de investimentos no transporte ferroviário brasileiro

Milton Monti

O presidente da Comissão de Viação e Transportes da Câmara, deputado Milton Monti (PR-SP), recebeu na quarta-feira (28 de abril) representantes de estatal chinesa interessados em conhecer investimentos realizados no País para o setor ferroviário. A implantação e a viabilidade do Trem de Alta Velocidade (TAV) no Brasil foram os assuntos mais discutidos na reunião do deputado com a comitiva da China.

Ao apresentar os trabalhos em tramitação no Congresso Nacional, Milton Monti ressaltou a ampliação da ferrovia Norte-Sul e a construção do TAV (trechos Campinas/ São Paulo / Rio de Janeiro) como prioridades da comissão permanente para os próximos seis anos, período em que serão realizados, no País, a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos.
Os seis representantes da empresa Shanghai Railway Investment CO. Ltd. anunciaram o interesse do Ministério dos Transportes da China em participar, como investidor, da construção do trem bala. Projeto similar está em funcionamento em solo chinês, com vagões que chegam a 200 km/hora e percorrem diariamente 6 mil quilômetros de trilhos. “Seria uma nova experiência para a China participar do TAV; uma vez que o País não ainda possui investimentos externos no setor, o Brasil seria o primeiro Estado contemplado", explicou Yuan Ruimin, gerente geral da estatal.
O presidente da CVT destacou, ainda, os investimentos realizados na gestão atual do governo federal nos transportes ferroviários, setor esquecido pelos investidores nos últimos 60 anos. "Pensar em investimento mais significativo nas ferrovias faz todo o sentido, a contar pela dimensão do País e pelos benefícios do transporte de cargas pelas ferrovias", analisou o deputado.
 
Brasil x China
O alto nível de desenvolvimento no setor ferroviário pelos chineses também foi debatido na reunião. Atualmente, a China tem implantados 82 mil quilômetros de ferrovias e com expectativa de inaugurar mais 10 mil quilômetros nos próximos dez anos. O Brasil, por sua vez, possui 29 mil quilômetros de linhas ferroviárias em funcionamento. E, de acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), inaugurará outros cerca de 2 mil quilômetros nos trechos da Norte-Sul. Na avaliação do deputado Milton Monti, o fato de os dois países serem membros do Bric pode abrir espaço para possíveis parcerias. "Acordos nesse sentido dariam novo motor no desenvolvimento do País", ressaltou o presidente da CVT.
 
 
 
Imprensa
 
Camila Vidal
(61) 9666 9785
(61) 3216 6860
 
Saulo Adriano – saulo@miltonmonti.com.br
(14) 9701 1232
(14) 7834 8223 – Nextel 96*12414
(14) 3814 0800


Deputado Federal Milton Monti Deputado Federal Milton Monti
Desenvolvimento AgênciaDot. Comunicação Em breve!