Leia artigos do Deputado Milton Monti

Cada um na sua, todos pelo Brasil

O Brasil está alicerçado na sua ordem jurídica sob a égide da Constituição Cidadã. Ninguém em solo brasileiro está acima da nossa Constituição. À Carta Magna devemos respeito e obediência. Ressalto a organização política e social brasileira para rele

 
Página PrincipalFotos de eventos municipais e regionaisInformações úteis para gestores municipais - ministérios, órgãos públicos, indicadores municipais, secretarias regionaisNotícias e reportagensUtilidade Pública - informações úteis para cidadãos e empresas, como serviços disponveis para a população, concursos,  entre outrasLegislação - Constituição Federal, Legislação da Mulher, Estatuto do Idoso, Código de Defesa do Consumidor, entre outrasTenha acesso ao material de imprensa do Milton MontiEntre em contato com o Deputado Milton Monti

MILTON MONTI APOIA CRIAÇÃO DE CONSELHO NACIONAL DE TRANSPORTES

Objetivo é diminuir o desperdício com o sistema de transporte brasileiro e melhorar as rodovias do país

Milton Monti

A criação do Conselho Nacional de Transportes (CNT) foi apoiada pelo presidente da Comissão de Viação e Transportes da Câmara, deputado Milton Monti (PR-SP). O pedido de apadrinhamento político foi solicitado, em reunião realizada na quarta-feira (19 de maio de 2010), por representantes de onze estados da Federação Sindical dos Servidores dos Departamentos de Estradas de Rodagem do Brasil (Fasderbra). O objetivo é diminuir o desperdício público com o sistema de transporte brasileiro e melhorar as rodovias do país.

Milton Monti se mostrou simpático à proposta da Fasderbra. Para o parlamentar, um país não consegue crescer, se desenvolver e gerar empregos se não tiver infraestrutura necessária para isso. “Todas as ações que puderem ser feitas para contribuir com a logística do país no transporte são importantes, válidas e merecem nosso apoio. A criação do Conselho é uma medida muito acertada, porque nós temos um país de dimensões continentais”, afirmou o deputado.
Na avaliação do presidente da federação, Adolfo Garrido, a experiência dos membros da Federação, que completou 36 anos, é de suma importância para o Conselho. “O que nós temos em mente é que o Conselho tenha participação dos representantes da Federação, do Governo e dos empresários. Com essa divisão, que poderia até ser de dois membros de cada área, estaríamos discutindo, deliberando e atendendo consultas nas decisões maiores com relação a transportes no Brasil”, argumentou.
Além de melhorar a qualidade das estradas, o CNT visa diminuir os gastos públicos desnecessários no setor dos transportes. “Nós acreditamos que hoje há um grande desperdício na aplicação de recursos em transportes, especialmente na construção e manutenção de rodovias”, lembrou Garrido, que também enfatizou a má qualidade das estradas recém construídas.
 
Iniciativa legislativa

Milton Monti declarou que pretende transformar a reivindicação dos servidores em projeto de lei. O presidente solicitou a formatação do Conselho quanto à constituição, o número de conselheiros e representantes, além das atribuições e competências. “Vamos transformar isso numa iniciativa legislativa para que possamos fazer tramitar na Câmara dos Deputados e, ao final, ver a proposta se transformar em lei e concretizar a criação do Conselho. Acredito que vamos ter apoio de toda a Comissão de Transportes e de outras áreas da Câmara e do Senado devido à grande relevância do tema”, explicou o presidente da CVT.


Deputado Federal Milton Monti Deputado Federal Milton Monti
Desenvolvimento AgênciaDot. Comunicação Em breve!